Mato Grosso do Sul: Exemplo de Prevenção Contra Diabetes

Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, acaba de dar um exemplo na luta contra a diabetes. Segundo dados de pesquisa, quase 8% da população adulta da cidade sofre da doença.

Por isso, foi aprovada uma lei municipal que obriga a rede pública de saúde a realizar testes glicêmicos já na triagem dos atendimentos.

A medida faz parte de um programa criado pela prefeitura para ampliar a prevenção e o tratamento da diabetes na cidade, aumentando assim a qualidade de vida das pessoas e diminuindo o tempo de resposta nos atendimentos de urgência.

O programa completo inclui acesso  dos pacientes diabéticos a remédios, instrumentos de controle e autoaplicação dos medicamentos.

Os protocolos médicos de emergência também estão sendo revistos para contemplarem as normas operacionais do SUS (Sistema Único de Saúde).

Outro ponto fundamental será as palestras e seminários dadas nas escolas para alunos do ensino médio e até mesmo da educação infantil.

Tantos cuidados têm sua razão. O diabetes é uma doença crônica que mata e Campo Grande é a décima-segunda capital com mais pessoas diabéticas no Brasil.

O diabetes precisa ser combatido e prevenido. Lembrando que existem 2 casos da doença:

  • Tipo 1 – pacientes que nasceram com deficiência no pâncreas e precisam de insulina já na infância.
  • Tipo 2 –  no geral adultos, que por hábitos errados, doenças ou sedentarismo desenvolveram o problema.

No caso do diabetes tipo 2, nem sempre o paciente necessita tomar insulina. Porém, medicamentos devem ser administrados para manter a diabetes controlada.

Um guia alimentar, associado à prática de atividades físicas pode ajudar pessoas em estado de pré-diabetes a reverterem seu quadro glicêmico.

Por exemplo, atualmente, já se sabe que certos alimentos ricos em boas gorduras, como o abacate e a castanha-do-pará são fantásticos para quem sofre com diabetes. São opções aparentemente erradas, pois são calóricas e gordurosas.

Mas estudos a respeito do que um diabético pode ou não comer já evoluiram de tal forma que diversos mitos foram deixados para trás. Porém, alguns tabus ainda persistem por pura falta de conhecimento.… Read the rest....